7 Lições De Negócios Da História Do McDonald’s

ray croc7 Lições De Negócios Da História Do McDonald’s

Se existe um filme que todos os empreendedores deveriam assistir pelo menos uma vez em sua vida, é Fome de Poder, já que a história do McDonald’s, Ray Kroc está cheia de lições para todos aqueles que querem empreender seu próprio negócio.

Não importa se você está apenas começando, se você é um empreendedor, você está criando a sua empresa; se quiser aprender a crescer em grande escala, de como montar uma franquia e como construir uma marca, você deverá ver a Fome de Poder, a história do McDonald’s, e tudo o que fez Ray Kroc para levá-la ao sucesso.

Se bem que os fundadores do McDonald’s foram os irmãos Richard e Maurice McDonald; Ray Kroc, sendo um vendedor ambulante de máquinas de milk-shakes, é concedido o título de ter construído o que é hoje a marca de refeições rápidas e mais bem-sucedidas do planeta.

Fome de Poder, está cheia de valiosas lições para os jovens empreendedores: Ray Kroc teve que superar inúmeras rejeições, fracassos, dificuldades, perdas, problemas familiares e muitos outros momentos difíceis a ponta de persistência.

E tal como disse Pablo Picasso, quando chegar a inspiração que me encontre trabalhando”, foi exatamente o que aconteceu com esse vendedor ambulante quando um pequeno negócio, chamado McDonald’s, que lhe fez uma grande encomenda.

Isso não se trata de resumir o filme Homem de Poder, mas de deixar as melhores lições de negócios da história de McDonald’s, a qual está cheia de valiosos sobre como ser um empreendedor de sucesso , como por exemplo, os irmãos McDonald’s não tinham o impulso e a visão para conseguir o que Ray Kroc atingiu com a marca.

7 lições de negocios7 lições da Fome de poder para empreendedores por Ray Kroc:

1. Ray Kroc, o vendedor de máquinas de milk-shakes, nunca se rendeu. Este continuava vendendo, vendendo, vendendo, recebendo centenas de Não” até que encontrou um sim. Este nunca aceitou um não por resposta.

2. Constantemente innovaba. Cada vez que enfrentava um Não é possível” deste pensava em alguma forma diferente de fazer as coisas. Na Fome de Poder, Ray Kroc sempre usava suas propostas ao limite.

3. Um conselho importante para os empreendedores que deixou Ray Kroc foi saber rodear-se das pessoas indicadas Por exemplo, Kroc viu o potencial e carisma de um de seus chefes, o qual, posteriormente, veio a ocupar um cargo diretivo.

De igual forma, Ray sabia que o melhor lugar para encontrar pessoas interessadas e apaixonadas pelo o negócio não era em boates ou restaurantes elegantes, assim que começou a ir a outros lugares que ele sabia que tinham possibilidades de negócio.

4. A pessoa que tem ao seu lado será fundamental para alcançar seus objetivos. Em várias ocasiões durante o filme Ray se sentia incomodado com a falta de espírito empreendedor de sua esposa.
Então, se você quer ser um empreendedor de sucesso, escolher seu parceiro é um passo crucial.

5. Desde o início de Fome de Poder, era evidente a visão, idéias e impulso que tinha Ray Kroc com o negócio.

Por exemplo, teve a idéia de fazer os batidos em pó para poupar os elevados custos de energia por armazenamento; queria que a Coca Cola patrocinara os menus para ganhar dinheiro extra , entre outras idéias.

No seu caso, era um jovem empreendedor, você pode estar pensando que você não tem capital suficiente para concretizar suas ideias. Não obstante, não deixe que a falta de dinheiro é um teto para a sua visão.

É a falta de persistência e não de capital, o que impede as pessoas de ter sucesso. Compartilhar no Twitter
Agora bem, as aulas para os jovens empresários aprendem por imitação e, também, por oposição, ou seja, identificando o que não se gosta de alguém para não aplicá-lo em sua vida. Aqui você tem duas destas lições:

6. As relações são importantes, e Ray, quando teve a maioria do negociou começou a tratar de maneira errada os irmãos McDonald’s.
Se bem que existe uma maneira correta de fazer as coisas, não se pode esquecer que, no final do dia, com quem você faz negócios, é uma pessoa com sonhos, aspirações, problemas e com uma história como você.

7. Não pode esquecer-se das pessoas que estavam desde o começo com você. Se bem que as relações mudam, o amor acaba e os amigos se afastam, não pode esquecer o que eles fizeram por ti desde o início.
Sei sempre grato com as pessoas que te acompanharam, e na medida do possível, remunera com parte de suas realizações e de resultados, a sua presença nos momentos difíceis.

Finalmente, lembre-se que o empreendedorismo exige trabalho duro, esforço e persistência. E isto se vê claramente na Fome de Poder. Não obstante, também importados de outros factores, como as relações, seus princípios e valores, isto é, trabalhar para aprender como ser uma pessoa melhor

Se conseguirem tê-los presentes em sua vida de negócios, esta será a maior lição que você pode receber de Fome de Poder, e a história deMcDonald’s.
Embarcando em Notícias é uma publicação digital que busca inspirar o empreendedorismo como estilo de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *